Tracking Trip

Gramado em 4 dias – dia 2: Snowland e rodízio de churrasco!

No nosso segundo dia em Gramado, nós fomos para o Snowland. Fica a dica que isso talvez tenha sido um erro, pois era uma sexta-feira, emenda de feriado. Achamos que por não ser feriado, estaria mais vazio. Ledo engano =/ Mais tarde, no domingo, quando fomos embora, descobrimos que era um dia melhor para ir, pois passamos lá em frente e estava vazio!

Roteiro dia 2

  • Snowland!
  • Jantar: Rodízio na churrascaria Chama de Fogo

 

Confira aqui os outros dias:   Dia 2  –  Dia 3 –  Dia 4  )

E confira aqui o custo total da viagem

 

 O Vídeo do nosso segundo dia

O dia no Snowland

Nesse dia nos enrolamos um pouco e demoramos para sair do hotel. Como chegamos muito cansados no dia anterior, não arrumamos nada e isso atrasou a saída. Tomamos café da manhã no hotel, que era incluso, arrumamos um pouco da bagunça que tínhamos feito no dia anterior e saímos por volta das 10:30.

O Snowland não é muito perto, chegamos por volta das 11h lá já estava com bastante fila para entrar. Como compramos o ingresso pela internet, a fila preferencial é um pouco mais rápida. Mas existe um problema na compra antecipada. A meia entrada só é vendida na porta, então no site você tem que comprar inteira, e online você tem que escolher o dia que quer ir, como na recepção falaram que todas as aulas e moto neve já estavam esgotados, a gente pensou em ir outro dia, mas ai teria uma taxa de remarcação de R$40,00 por pessoa. Então optamos por entrar nesse dia mesmo e ver o que ia dar.

Assim que conseguimos entrar, fomos direto para a fila de reserva de aula de Snowboard na esperança de alguem ter desmarcado, afinal era a nossa primeira vez e queríamos aprender alguma coisa antes para aproveitar a montanha de neve. Ficamos uns 20 minutos na fila, mas conseguimos vaga para as 16:30, um pouco tarde, mas daria pra gente fazer o resto do parque e depois ir para a montanha sem problemas. Conhecemos um casal na fila e ficamos conversando, ajudou a fazer o tempo passar mais rápido. Após agendar nossa aula, nós fomos para o simulador 7D.

Como já fomos para a Disney, é bem difícil se impressionar com simuladores mais simples, e esse simulador foi exatamente isso. Uma experiência bem sem graça, com um filme bem tosquinho e bem rapidinho, não durando mais do que 7 minutos. Ele está incluso no ingresso e uma das poucas atrações dentro do parque, então tem que ir, mas a fila foi longa, durando uns 40 minutos. Conhecemos uma família na fila e ficamos conversando, procurar pessoas legais na fila sempre é uma ótima opção para passar o tempo e foi uma conversa bem agradável também. Ahh, e a altura mínima para ele é 1,35cm, e o aviso do limite fica na porta de entrada, com isso, vimos muita criança que enfrentou a fila toda e não pôde entrar, então fique atento se estiver com crianças. Eles vão poder entrar com você na sala, mas não poderão utilizar as plataformas do simulador. Ele é um simulador em pé e da trancos bem fortes, então segure-se com vontade!

Saindo de lá, fomos patinar! Como tudo, estava com Bruno Patins Snowland - Tracking Tripfila. Ficamos mais uns 40 min para entrar, dessa vez conversando entre a gente de como tinha sido a experiência até o momento. O ingresso dá direito a 20 minutos de patinação e foi o que usamos, os valores que são cobrados por fora do ingresso são bem altos e achamos que não compensava, até porque a pista estava bem ruim, eles não fazem nenhuma limpeza dela durante o dia e fica cheia de ranhuras e gelo raspado, bem ruim de patinar.

Descobrimos que patinar era um pouco mais difícil do que a gente achava huahuahuahua nós dois andávamos de patins uns anos atrás, mas mesmo assim, é um pouco diferente. A gente fica com um pouco de medo de cair e de bater nos outros, pois a pista é um pouco cheia, tem alguns problemas, tinha uma poça de água grande em um pedaço da pista, então não nos sentimos muito confortáveis.

Como nossa aula era só as 16:40, fomos tentar comer alguma coisa pois tínhamos tempo por lá e adivinhe só, mais filas! Pra piorar, ainda deu um problema no sistema de cartões e os cartões não estavam passando. Consegui comprar uma cerveja pra mim e um chá pra Thainá no bar do lado, porque a fila de espera para a batata-frita era de 45 minutos!2015-06-05 14.52.15E aí veio a grande decepção, a montanha fechava as 17:30 e ninguém avisava isso. O parque fechava as 19h, então contamos que entraríamos na aula e ficaríamos na montanha até esse horário. Só foram nos avisar do fechamento da montanha quando fomos perguntar onde era a entrada da aula, ai já era tarde e nosso tempo lá estava perdido! É um absurdo, pois se a gente tem uma aula agendada às 16:30 e com isso você “ganha” mais 50 min, teoricamente deveríamos poder ficar na montanha até as 19:20! Então, o mínimo seria ter um aviso informando o horário do fechamento da montanha (já que é diferente daquele do parque) ou pelo menos quando você agenda a aula, informarem que para usar a montanha antes para não perder horas lá dentro. A ideia era só entrar depois, para aprender snowboard e poder aproveitar melhor, mas não foi possível! Então, não pegue aula após as 15:00, pois é furada! A menos que você entre antes para curtir o Skibunda até sua aula. Nós não conseguimos ir nas outras atrações da montanha e nem usa-la ao máximo, isso nos deixou bastante frustrados.

Namorada Snowboard Snowland - Tracking TripAndar de Snowboard foi uma experiência diferente, mas como tivemos pouco tempo, não conseguimos aprender direito e descemos umas 3 ou 4 vezes cada um só. Não é o suficiente para aprender. Para piorar um pouco a situação, eles resolveram juntar duas turmas na nossa aula e o instrutor resolveu inovar começando do topo da montanha, sem explicar o básico. Então, mesmo se você não souber andar, não faça aula. Veja alguma coisa com antecedência na internet, alguns truques e vá, pois será mais produtivo.Namorado Snowboad Snowland - Tracking Trip

Como nos sentimos injustiçados, fomos os últimos a sair da montanha! A experiência foi bem legal e serviu para nos deixar com mais vontade de andar de Snowboard! Precisamos viajar para outro lugar agora, para andar com mais calma!

Saímos tarde do Snowland, fomos pro hotel tomar um banho, afinal estávamos suado mesmo na neve (Sim, cair e levnatar do snowboard é um super eercício!). Após tomar um banho, procuramos um lugar para jantar e achamos a churrascaria Chama de Fogo, que oferecia rodízio de carnes e disseram ser a melhor da região.

20150605_181405

Jantar: rodízio churrascaria Chama de Fogo

A maioria dos restaurantes em Gramado possui transfer para buscar no hotel e levar de volta. Ligamos lá então para fazer uma reserva e solicitando o transfer. Em 20 minutos chegou no nosso hotel, bem tranquilo. O motorista era bem simpático e fomos conversando durante o caminho, que não era muito longo.

O ambiente da churrascaria era bem legal, bem temático do sul e os garçons bem simpáticos. O local possui uma grande variedade de frios e empanados, que estavam churrascaria chama de fogogostosos e comemos bastante. A variação de carne não era muito espetacular e o valor da rodízio era caro (R$80,00). Esperávamos mais de uma churrascaria gaúcha, já que o churrasco por lá é tão famoso. Mas em quesito de rodízio, você encontra opções melhores Em São Paulo ou Rio de Janeiro. Quando estamos viajando, gostamos de conhecer a cultura do local, então sempre tentamos comer comidas típicas, afinal, o legal é sair do cotidiano! O Bruno Aproveitou que o restaurante disponibilizava transporte para poder tomar algumas cervejas diferentes também. Ele tomou uma Abadessa, não era muito diferente, mas era oAbadessa Chama de Fogo - Tracking Trip que tinha. Esperávamos uma carta de cervejas maior, com mais coisas locais, não foi o caso. Mesmo assim, comemos bastante, provamos de tudo e saímos de lá satisfeitos!

Nesse dia choveu a noite e esfriou um pouco, o único momento de frio (que nem era tããão frio assim), que pegamos na viagem. Levamos um monte de roupas quentes, meias de lã, segunda pele, várias roupas pesadas, esperando o frio e ele não veio. 🙁 Talvez tenha sido melhor, pois conseguimos aproveitar bem os pontos turísticos da cidade e os parques.

Assim terminou nosso segundo dia, empanturrados de churrasco, doloridos das quedas e com esperanças de finalmente pegarmos um friozinho!

Galeria do 2º Dia!

Não esqueça de ver os outros dia do Roteiro:   Dia 1  –  Dia 3 –  Dia 4  )

E confira aqui o custo total da viagem

Deixe uma resposta